Rallye Vidreiro Centro de Portugal recheado de novidade para 2017

CartazFoi esta tarde apresentado o Rallye Vidreiro Centro de Portugal 2017. Organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande e com os apoios da Câmara Municipal da Marinha Grande e da Lubrigaz (Concessionário oficial Volkswagen e Skoda, em Leiria) o rali é a 6.ª prova do Campeonato Nacional de Ralis, atualmente liderado por Pedro Meireles, em Skoda Fabia R5.

Depois de no ano passado ter sido considerada a melhor prova da temporada (das que pontuavam apenas para as competições internas) e sendo, como é já sobejamente sabido, a única prova que sempre marcou presença no Campeonato Nacional Ralis organizado pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, as expectativas sobre a edição de 2017 são elevadas e a organização decidiu alterar um pouco a prova (troços e organização) a fim de dar aos pilotos, espectadores, patrocinadores e jornalistas uma prova ainda mais interessante.

Neste sentido, a equipa do Clube Automóvel da Marinha Grande introduziu duas novas especiais (Fago/Mata Mourisca e Assanhas da Paz), aumentando assim a quilometragem da prova tanto ao nível cronometrado como em ligação. Contudo, o Clube automóvel da Marinha Grande, numa ação de melhoria continua, aproveitou os conselhos dos pilotos e melhorou a forma como as ligações são efetuadas tendo conseguido que as mesmas sejam feitas por auto-estrada (A8 e A17), sempre que possível.

Tal como é hábito, o rali terá início pelas 17 horas de sexta-feira, dia 9 de Junho e contará com duas passagens pelo troço Farol que tem partida cerca de 500 metros a norte do Farol de São Pedro de Moel e atravessa depois o Pinhal de Leiria. Mais tarde, pelas 21horas, os pilotos dão espetáculo a milhares de pessoas nas principais artérias da cidade da Marinha Grande com uma Super-Especial citadina. Já no sábado, o rali desloca-se para norte, para o concelho de Pombal, para a realização das novas especiais, voltando depois a São Pedro de Moel para a mítica passagem pelo troço de S. Pedro. Duas secções que prometem trazer para a estrada muitos fãs do automobilismo e ainda levar o rali a zonas de rara beleza natural.

Para o fim, ficou guardada a maior surpresa do rali. A cerimónia de entrega dos prémios irá regressar a São Pedro de Moel, realizando-se na Praça Principal da vila. Este final irá permitir ao público e aos muitos jornalistas que já confirmaram a presença no evento a possibilidade de confraternizar com os pilotos antes e depois da entrega dos prémios.

O parque de estacionamento do Estádio Municipal da Marinha Grande receberá, mais uma vez, o parque de Assistência da prova, sendo normalmente um espaço muito visitado por todos os amantes do desporto.

Discurso Directo:

Nuno Jorge, Director de Prova: “Escutamos a opinião dos pilotos e tentamos ir ao encontro das suas expectativas. Todos os carros vão ter instalado um sistema de via-verde da organização e as ligações vão ser feitas, sempre que possível, em auto-estrada. A decisão de terminar o rali em São Pedro de Moel é arriscada mas estamos confiantes que vai proporcionar a todos um momento fantástico.”

Cidália Ferreira, Vereadora da Câmara Municipal da Marinha Grande. “O Rali Vidreiro ter este nome com o qual todos os marinhenses se identificam torna-o na atividade que, ano após ano, mais representa a nossa cidade pelo país. A Câmara Municipal tem feito um esforço para ajudar, cada vez mais, o Clube Automóvel da Marinha Grande porque sente que a prova tem crescido e é organizada por pessoas capazes e profissionais que merecem todo o nosso respeito”

Nuno Roldão, Diretor da Lubrigaz – Concessionário Skoda e Volkswagen em Leiria – “Para a Lubrigaz é sempre um prazer associar-se a eventos como Rali Vidreiro, organizado por pessoas competentes. Este rali tem um grande significado para mim e para a minha família e por isso não podia deixar de ajudar”

Rafael Cardeira, Piloto – “É para mim um prazer ser piloto oficial deste Clube e poder levar para todo o lado o nome do CAMG e da própria cidade da Marinha Grande. Em termos desportivos, não conheço os troços novos mas pelo que já vi um deles vai ser bom para mim pois é mais técnico enquanto o outro será mais complicado pois será mais rápido. Espero que a prova corra bem e que possa assim representar a Marinha Grande da melhor forma”

Gonçalo Figueiroa, Piloto “Enquanto piloto que já participou nos mais diversos ralis este continua a ser o mais bonito. Como foi dito nesta cerimónia, e é do conhecimento público, esta foi eleita a melhor prova do ano 2016 e esse é o maior elogio que se pode fazer a esta organização fantástica.  Poder competir neste evento é para mim um prazer e um orgulho”

| RALLYE VIDREIRO CENTRO DE PORTUGAL –  2017 |

1ª Etapa – 1ª Secção
PE 01 – Farol 1 – 18,16 Km (17h00)
PE 02 – Farol 2 – 18,16 Km (19h10)

1ª Etapa – 2ª Secção

PE 03 – SUPER ESPECIAL – 1,50 Km (21h00)

2ª Etapa – 1ª Secção

PE 04 – FAGO/Mata Mourisca 1 – 13,43 km (10h00)
PE 05 – Assanhas da Paz 1 – 11,98 km (10h40)
PE 06 – S.PEDRO 1 – 15,00 km (12h00)

2ª Etapa – 2ª Secção
PE 07 – FAGO/Mata Mourisca 2 – 13,43 km (14h00)
PE 08 – Assanhas da Paz 2 – 11,98 km (14h40)
PE 09 – S.PEDRO 2 – 15,00 km (16h00)

DSC_4678